Tagged in: economia imaterial

A volta dos que não foram

Não é a primeira vez que o Loco Por Ti volta, mas certamente é o momento menos favorável à escrita num blog com essas características. Sei que há muitos blogs e que, pelos menos por enquanto, a internet ainda não se resume àquilo que passou a ser chamado ‘redes sociais’. Mas mesmo assim, não sei até que ponto faz sentido se retomar um blog nos dias de hoje.

A razão mais imediata é poder colocar em público coisas que tenho pensado e feito sem que para isso tenha que me restringir ao circuito fechado, restrito e excessivamente controlado do facebook e que tais.

Tomara que mais pessoas façam o mesmo, porque ficou claro que as ameaças do controle inviesado sob o ordenamento de uma economia algoritimizada não faz bem a afetos pessoais, instituições, regimes democráticos, ações coletivas.

Como também se sabe essa perspectiva só começou a fica mais clara agora. Não sei dizer se muito tarde. De qualquer forma, a percepção de que o controle bio-político avançaria na pele de uma economia-política algoritimizada é uma suspeita desde pelo menos o início dos anos 1990 – Deleuze e Guatari escreveram o Post-scriptum sobre as sociedades de controle em maio daquele ano, agora já muito distante.

Mas escrevendo, até aqui, também me ocorre que a retomada me ajuda e obriga a escrever de uma maneira um pouco mais desconectada – ou melhor dizendo, menos dispersa.

Vamos ver no que dá.