Category Archives: Imanências

Oil paintings by Austrian/Jewish painter, Ludwig Deutsch, Leon Gerome & Rudolf Ernst in the late 1800s. The subject, “The Palace Guard” were depictions of North African medieval Muslims,THE MOORS, who settled in &ruled Northern Africa and invaded and conquered many parts of what we would now consider “Southern Europe (Spain, Portugal, France & Southern Italy-ala Sicily)” for nearly 800 years, from as early as the7th to the 15th century. Their profound, cultural legacy, influence& what they left behind( Such as the great monuments, the Alhambra and the Mezquita) is evident on modern day spanish architecture, art,music and traditions. All but ignored now largely by both Arab andEuropean world history.Pinrturas a óleo dos austríacos e judeus pintores Ludwig Deutsch, Leon Gerome & Rudolf Ernst no final dos anos 1800. O objeto, “O Guarda do Palácio” foram representações dos mulçumanos, os mouros, que instalaram-se e comandaram o norte da África e invadiram econquistaram muitas partes doque nos hoje conhecemos como o sul da Europa (Espanha, Portugal, França e sul da Itália – especialmente a Sicília) poraproximadamante 800 aos, dametade do século 7 até o sécilo XV. Seu profundo legado cultural,influência e que o que deixaram para trás (grandes monumentos, a Alhambra e mesquitas) é evidente na atual arquitetura espanhola, arte musica e tradições. Tudo entretanto ignorado largamente tanto pela história mundial Árabe quanto pela Européia.

Instagram filter used: Normal

Originalmente no Instagram ⇒

Sambada de côco oferece cursos profissionalizantes

O Centro Cultural Coco de Umbigada está com inscrições abertas até o dia 30 de maio, para os cursos profissionalizantes do Núcleo de Formação de Agentes Jovem da Cultura Negra os cursos são em diversas áreas, para mais informações acessar o link: http://sambadadecoco.wordpress.com/editais/

É de extrema importância que gestores públicos, organizações da sociedade civil, militantes das questões de juventude, cultura e diversidade étnica possam contribuir nessa divulgação.

Egocentrismo, narcisismo e sedução utilitária nas redes sociais

Redes sociais 1

A cada dia surgem mais interpretações sobre os reflexos das redes sociais na vida das pessoas. Já não é novidade a importância que essas plataformas de visibilidade auferiram nos últimos anos – do ponto de vista financeiro e político, do ponto de vista do comportamento privado e coletivo e esses reflexos tem sido tematizados na produção acadêmica, na roda de bar, no perímetro da cama, nos encontros com os amigos na sala de estar. O impacto sobre processos políticos, sobre formas de cooperação, o tema da privacidade, além das análises de ligações e múltiplas influências – nesse caso com interessantes abordagens matemáticas – podem ser encontradas na internet. Apesar disso, o tom geral sobre as redes tende a uma postura a-crítica muito grande. Tanto que qualquer comentário que questiona a necessidade e naturalidade das redes sociais em nossas vidas é, em geral, encarada de forma com enstranhamento. E isso mesmo vindo de professores de comunicação.

Eu tenho tentando manter uma relação mais distanciada dos mecanismos que rastreiam meu comportamento – ao menos no que me é possível. Por isso deletei minha conta no Facebook – a rede que me parece mais escrota nesse sentido – há uns seis ou sete anos. E, além disso, tenho procurado usar redes baseadas em plataformas livres, como a Diáspora. Mas mesmo aí tem sido de forma muito tímida.

A exploração e monetarização das relações, da intimidade afetiva, dos gostos, da própria vida não são novidades na história do capitalismo. Mas alcançam um nível muito assustador atualmente – basta ler os termos de uso desses serviços. E eu sou daqueles que lêem os termos do serviço. Eles me incomodam, assim como um comportamento que emerge da interação com diversos gadgets e que apontam para uma submissão da atenção à interação nessas redes. O que não é novidade. A atenção é um capital, sempre foi – e agora isso parece ser mais evidente, ou mais monetarizável individualmente.

Continue reading…